Palestra para Motoristas

Palestra para Motoristas
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

terça-feira, 26 de novembro de 2013

7º Aniversário HighPluss - 2013

Arquivo: HighPluss, 2013.

Dia 26/11/2013 a HighPluss Exportação, Consultoria e Treinamentos completa o sétimo aniversário de fundação com uma trajetória de muitos aprendizados e grandes conquistas. Cada ano que passa a HighPluss avança nos projetos profissionais e sociais com foco em atender de maneira personalizada seu Cliente.

A HighPluss muito agradece a todos "Clientes, Fornecedores e Parceiros" por acreditarem na execução de projetos focados no equilíbrio entre o desenvolvimento e a prosperidade das pessoas e empresas.

A empresa desenvolve suas atividades profissionais focada nas competências técnicas para a realização dos projetos, bem como nas habilidades e atitudes necessárias em tornar o projeto próspero para o Cliente.

Seu diferencial é entender a necessidade do Cliente, para que possa propor projetos inovadores focados em gerar resultados prósperos no ambiente onde atua.

A HighPluss investe e acredita na educação continuada da Equipe, para que tenha sustentabilidade nos projetos e gere grandes benefícios ao seu Cliente.

A empresa atende os mercados do Brasil e América Latina, com ênfase em Palestras para Motoristas, Consultoria Técnica / Administrativa e na Exportação de peças no segmento de transportes de passageiros e Cargas. 

Muito obrigado pela confiança depositada nos projetos e prosperidade aos Clientes, Fornecedores e Parceiros da HighPluss.

HighPluss - Soluções VIP nas Práticas Profissionais - Hands On
Contato: treinamentos@highpluss.com.br
Joinville - SC. - Brasil

sábado, 16 de novembro de 2013

Telemetria contribui para educação e segurança de motoristas nas estradas brasileiras

stralis nr
Para reduzir os riscos nas estradas e cidades, bem como contribuir com o meio ambiente, uma tecnologia que começou a ser utilizadas nas pistas de Fórmula 1 ganha cada vez mais adeptos no segmento de transporte. Trata-se da telemetria, tecnologia que permite a medição e comunicação do interesse do operador ou desenvolvedor do sistema. Ou seja, ela permite que as transportadoras e embarcadoras saibam tudo o que acontece quando seus veículos saem para as ruas, desde o tempo que a carga leva para chegar até o destino ou como os motoristas estão dirigindo.
Assim, a telemetria é uma importante ferramenta para ajudar a melhorar, cada vez mais, a cultura dos motoristas brasileiros, ao mesmo tempo em que ajuda a controlar as horas trabalhadas, por conta da lei da jornada de trabalho.
De acordo com Luiz Munhoz, diretor da Mix Telematics e especialista em telemetria, “as principais informaçõesoferecidas pela tecnolgia são: odômetro (distância percorrida), velocidade em pista seca ou molhada, tempo de acionamento da embreagem (pé na embreagem), freadas bruscas, acelerações bruscas, tempo de uso do veículo parado, em marcha lenta e em movimento, rotações do motor, combustível, temperatura do motor, falha na pressão de óleo e uso do freio motor para veículos de carga”.
“Os benefícios da telemetria incluem a redução de acidentes, melhoria do bem estar e segurança do motoristae, consequentemente dos passageiros, maior conscientização da comunidade e da responsabilidade social, além da redução de mortes no trânsito e redução dos custos relacionados a acidentes”, enfatiza Munhoz.
De acordo com o executivo, as empresas conseguem criar um ranking dos melhores e piores motoristas e, assim, premiar quem teve bom desempenho e incentivar quem precisa melhorar. Ganham os dois lados, pois a transportadora sabe que sua carga está em boas mãos, e o motorista se desenvolve cada vez mais, tornando-se um profissional consciente, eficiente e que terá o máximo de segurança nas suas viagens.
As soluções de telemetria são destinadas as indústrias e transportadoras que precisam gerir suas frotas, garantir a segurança do motorista e rastrear seus veículos com eficiência. Além disso, essa tecnologia contribui para diminuir o impacto no meio ambiente, por conta da economia com combustíveis, pneus, trajetos melhor definidos, ou seja, menor tempo no trânsito e a consequente emissão de gases poluentes, entre outros pontos.
Fonte: Portal Logweb
Publicado em 13/11/2013 no Blog do Caminhoneiro.

Flagra mostra caminhoneiro fazendo alteração que causa ‘efeito guilhotina’

suspensao levantada
Caminhoneiros adulteram a suspensão para viajar com uma carga mais pesada e enganar a fiscalização, mas o resultado disso é o aumento do risco de vida para quem vem atrás.
Só os olhares mais atentos conseguem perceber como alguns caminhões estão com a parte traseira mais alta. Motoristas descumprem a lei e elevam a suspensão dos veículos. A elevação é feita com a colocação de calços nas rodas traseiras ou com o aumento do número de molas na suspensão.
Com isso, a parte da frente do caminhão fica mais pesada, o que dificulta a frenagem, aumenta o desgaste dos pneus e compromete a estabilidade. Além de prejudicar o desempenho do veículo, a alteração pode provocar uma consequência ainda mais grave.
O para-choque fica mais alto e deixa de ser uma barreira. No caso de batida, o carro que estiver atrás pode entrar embaixo do caminhão, o que aumenta o risco de morte.
“Isso é o efeito guilhotina, o para-choque fica na altura do pescoço e da cabeça do motorista que vem atrás”, explica o policial rodoviário Federal Fagner Moura Camargo.
Com uma câmera escondida, fomos até oficinas especializadas para mostrar como é fácil fazer a modificação. Mesmo assim, o mecânico oferece a peça usada para deixar a parte traseira mais alta.
A alteração, proibida por lei, tem um preço: R$ 380. O resultado da facilidade para fazer a alteração é um risco maior nas estradas.
Em operações feitas pela Polícia Rodoviária Federal na BR-153, no interior de São Paulo, vários motoristas foram flagrados.
“Se depender só de mim está normalizada a situação. Não gosto de frear rápido não”, diz o caminhoneiro Amarildo Silva.
‘Guilhotina não é só uma figura de linguagem’, afirma Alexandre Garcia
A questão é a falta de fiscalização, mais uma vez. Isso não é tão novidade, e é mais comum que a gente imagina.
Guilhotina não é só uma figura de linguagem, é literal. Eu não posso descrever aqui o que eu vi na foto de um acidente assim, na rodovia federal que une Goiânia e Brasília, o que aconteceu com dois jovens em um carro que entrou na traseira de um caminhão. É como cortar uma fatia.
Na verdade, a irregularidade é fruto também do estado de muitas estradas. Para buscar a riqueza do campo, que salva a balança comercial brasileira, caminhões enfrentam atoleiros parecidos com os que os bandeirantes encontraram, mas as carroças dos pioneiros tinham bois. Os caminhões só têm os cavalos do motor e, com o peso da riqueza na carroçaria, muitas vezes encalham com o chassi no barro. Aí, nem boi nem trator.
Eles põem esses calços na suspensão e, como alteram o centro de gravidade, na hora de frenagem de emergência, é outro problema.
O caminhão fica perigoso para os que vêm atrás e também para os que estão à frente. Outro pretexto dos calços é burlar a fiscalização visual de excesso de peso.
Eu disse visual, porque as balanças sumiram e o asfalto some também por excesso de peso. É bom lembrar que é obrigatório o para-choque traseiro à altura máxima de 55 centímetros do chão, para evitar que o caminhão seja guilhotina ambulante.
Vídeo:
00:00
01:43
Fonte: Bom Dia Brasil
Publicado em 13/11/2013 no Blog do Caminhoneiro.

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

2º Seminário Catarinense de Segurança no Trânsito 2013 - Florianópolis - SC.

08/11/2013 - Participei do 2º Seminário Catarinense de Segurança no Trânsito na FIESC em Florianópolis.

Tema: Educar para Salvar Vidas e fazer da década uma lição de cidadania. 

Ótimos conteúdos foram socializados e discutidos sobre a Cultura de Segurança no Trânsito. Pesquisas foram divulgadas sobre o comportamento do motorista. 

Foram divulgados dados estatísticos sobre os acidentes de trânsito nas ruas e estradas brasileiras. Divulgados os principais casos brasileiros que participaram do Prêmio Volvo de Segurança no Trânsito.

Segundo Corrêa (2013) em seu livro "Cultura de Segurança no Trânsito' fala que "Efetivamente é hora de pensar mais seriamente no conjunto da sociedade brasileira e incentivar esforços para que cada segmento da economia tenha preocupação de abrir espaços na sua área para a chegada ou implementação dessa cultura. Pense nisso! 

Discutidos temas sobre "Educando Crianças e Jovens, Projeto Percepção de Risco no Trânsito, Paradigmas Comportamentais e o Projeto Cinema Rodoviário - DPRF.

Experimentar novos aprendizados, sem dúvida, amplia o saber e permite multiplicar novos conhecimentos para que tenhamos cidadãos mais conscientes e esclarecidos para agir nas mudanças.  

Parabenizo aos organizadores do SINPRFSC e aos excelentes palestrantes que participaram no seminário. Os conhecimentos por mim adquiridos serão multiplicados nos diversos ambientes de atuação profissional. 

Palestrante José Rovaní
Palestra VIP para Motoristas  - Hands On
Contato: treinamentos@highpluss.com.br

domingo, 3 de novembro de 2013

Palestrante José Rovaní visita a FENATRAN 2013 em São Paulo

28/10/2013 - Visita a 19º Salão Internacional do Transporte - FENATRAN 2013, sendo que foram percebidas ótimas soluções tecnológicas para o transporte, que irão proporcionar benefícios diferenciados para os frotistas. 

Ótimas soluções técnicas foram apresentadas para melhorar os serviços logísticos oferecidos aos clientes.

As montadoras apresentaram excelentes soluções para melhorar o conforto e segurança nas cabines, para que o motorista possa dirigir com tranquilidade. 



Visitei o stand da NAVIG onde experimentei o simulador para treinamento dos motoristas.
Agradeço a atenção dispensada do Sr. Luciano Burti durante a estada no stand. 

Simulador Treinamento para Motoristas
Arquivo: José Rovaní, 2013.


                       Cabines dos caminhões com conforto e segurança para o motorista

Parabenizo aos Organizadores da FENATRAN 2013  e aos Expositores pelos excelentes produtos e serviços apresentados. Ótimos aprendizados foram gerados!

Palestrante José Rovaní
Palestra VIP para Motoristas - Hands On
Contato: treinamentos@highpluss.com.br