Palestra para Motoristas

Palestra para Motoristas
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Renault Trucks apresentou novos caminhões Euro 6

Renault_T-serie_laag
A Renault Trucks revelou as quatro novas linhas de caminhões Euro 6 para longas distâncias, distribuição, construção e pesada, num evento realizado na cidade francesa de Lyon. O construtor francês investiu cerca de dois milhões de euros durante sete anos no desenvolvimento das novas linhas, que teve como objetivo maximizar a eficiência e reduzir o consumo. Neste capítulo, o design das cabines foi otimizado para proporcionar a melhor performance aerodinâmica. As novas gamas recebem motores Euro 6 de cinco, oito, onze e treze litros.
Para transporte de longa distância, a marca francesa apresentou o Renault Trucks T, que vem substituir o Premium Longo Curso. Com a sua cabine aerodinâmica, desenvolvida com auxílio de túnel de vento, combina a eficiência e baixo consumo do modelo antecessor com o prestígio e conforto do Magnum, que é descontinuado. O construtor de Lyon afirma que o consumo de combustível do T é 5% inferior relativamente à geração anterior. Para transporte de longa distância, a marca disponibiliza motores de 11 e 13 litros com transmissão automatizada Opticruise, que agora tem um novo sistema de gestão das velocidades.
Para aplicações de construção e outras mais pesadas, a marca desenvolveu as gamas C e K, respectivamente. A primeira é proposta em dois tipos de cabine e tem como objetivo oferecer uma elevada capacidade de carga, um baixo consumo e um conforto comparável a um veículo rodoviário. A gama K destina-se a aplicações mais exigentes, que requerem veículos mais robustos e com mais capacidades para vencerem obstáculos.
No que se refere a aplicações ligadas à distribuição, a Renault Trucks propõe três modelos: D, com peso bruto das 10 às 18 toneladas; D Wide, com peso bruto das 16 às 26 toneladas; D Access, um modelo com cabine de piso rebaixado, com peso bruto das 18 às 26 toneladas. Mais tarde surgirá um novo modelo que se irá inserir no segmento das 3,5 às 7,5 toneladas de peso bruto. A gama de distribuição recebe motores de cinco e oito litros. A marca francesa disponibiliza transmissões automáticas para reduzir o consumo, preservar a mecânica dos veículos, controlar os custos de manutenção e permitir aos motoristas que se concentrem na condução.
Publicado em 14/06/2013 no site Blog do Caminhoneiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário