Palestra para Motoristas

Palestra para Motoristas
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Vendas de ônibus ainda com reação tímida



ônibus
Marcopolo Ideale lidera o segmento de vendas de ônibus rodoviários. Mercado de ônibus começa reagir aos poucos à estagnação econômica de 2012 e à queda provocada pela mudança de tecnologia que deixou os veículos a diesel mais caros. No entanto, reação ainda é tímida
Vendas de ônibus sobem 44% na primeira metade de fevereiro
Alta é em relação à primeira quinzena de janeiro. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o resultado é negativo
ADAMO BAZANI – CBN
Aos poucos o mercado de ônibus vai se recuperando das quedas de vendas do ano passado motivadas pela estagnação da economia brasileira e pela mudança de tecnologia de redução de emissão de poluentes que deixou os ônibus mais caros afetando os negócios das fabricantes.
Dados da Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, divulgados nesta quinta-feira, dia 21 de fevereiro, mostram que em relação à primeira quinzena de janeiro deste ano, as vendas de ônibus nos primeiros quinze dias de fevereiro subiram 44,04%, mas em comparação com o mesmo período do ano passado, a queda foi de 3,36%
Na quinzena inicial deste mês, segundo a Fenabrave, foram vendidos 1 mil 668 ônibus. Na primeira quinzena de janeiro, foram comercializados 1 mil 158 ônibus, mas nos 15 primeiros dias do ano passado, que foi considerado fraco, as vendas foram maiores que o período de 2013: 1 mil 701 ônibus.
Mesmo com a queda nas comparações entre as quinzenas iniciais de fevereiro de 2013 e de 2012, a indústria e os revendedores de ônibus continuam otimistas para este ano. Fatores como a recuperação natural do mercado depois de um período fraco, licitações de sistemas rodoviários e urbanos que resultam em renovações de frota, obras de mobilidade urbana, a aproximação da Copa do Mundo de 2014 e expectativa de crescimento do setor de turismo deixam os profissionais com um ânimo maior.
Em relação aos emplacamentos da primeira quinzena de fevereiro, a distribuição por marcas de ônibus é a seguinte:
1º) Mercedes Benz: 671 unidades, com 40,23% de participação no mercado.
2º) Volkswagen/MAN: 493 unidades, com 29,56% de participação no mercado.
3º) Marcopolo (minis Volare que são vendidos integralmente): 337 unidades, com 20,20% de participação no mercado.
4º) Volvo: 48 unidades, com 2,88% de participação no mercado.
5º) Iveco (incluindo os escolares CityClass): 47 unidades, com 2,82% de participação no mercado.
6º) Agrale: 38 unidades, com 2,28% de participação no mercado.
7º) Scania: 28 unidades, com 1,68% de participação no mercado.
8º) International: 01 unidade, com 0,06% de participação no mercado.
Em relação às categorias, mantém as lideranças em seus respectivos seguimentos, os modelos:
Mini / Micro-ônibus:
Mercedes Benz Sprinter 415: 137 unidades, com 40,77% de participação no mercado.
Midionibus (Micrão):
Mascarello – Gran Midi: 16 unidades, com 48,48% de participação no mercado.
Ônibus Urbanos:
Caio Apache Vip – Mercedes Benz: 166 unidades, com 23,45% de participação no mercado.
Ônibus Rodoviários:
Marcopolo Ideale – Mercedes Benz: 50 unidades, com 25,38% de participação no mercado.
DEMAIS VEÍCULOS:
As vendas totais de veículos, incluindo ônibus, caminhões, carros de passeio, comerciais leves, motos e implementos rodoviários registraram queda de 3,69% na comparação entre a primeira quinzena de fevereiro e a primeira quinzena de janeiro deste ano e baixa de 3,19 % se for levada em conta a primeira quinzena de fevereiro do ano passado. Foram vendidos na primeira quinzena deste mês 223 mil 152 veículos.
No segmento de carros de passeio e comerciais leves, a baixa entre esta quinzena e a do mês passado foi de 5,44% mas em relação ao mesmo período do ano passado, a alta foi de 4,53%. Nos quinze primeiros dias de fevereiro deste ano, foram vendidos 142 mil 947 veículos;
O segmento de caminhões teve alta de 6,54% nesta primeira quinzena em relação ao mesmo período de janeiro e baixa de 1,75% na comparação com igual intervalo de 2012. Na primeira quinzena útil de fevereiro deste ano, foram vendidos 6 mil 355 caminhões.
Na primeira quinzena deste fevereiro, foram vendidas 64 mil 389 motos, número 4,91% menor na comparação com igual período de janeiro e 18,46% menos que os primeiros quinze dias de fevereiro de 2012.
Publicado em 22/03/2013 por Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes. Blogpontodeonibus

Nenhum comentário:

Postar um comentário