Palestra para Motoristas

Palestra para Motoristas
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

Transantiago terá Minionbus da Volare

Transantiago
Minonibus Volare W 9 que vai prestar serviços em linhas alimentadoras da empresa Alsacia Express. Fabricante de minionibus da marca Marcopolo vendeu 167 unidades para o sistema de corredor BRT Transantiago, da capital chilena. Foto: Júlio Soares

Trasantiago terá minionibus da Volare
Veículos vão servir linhas alimentadoras.
ADAMO BAZANI – CBN

Quando se fala em sistemas de BRT – Bus Rapid Transit, a primeira impressão em relação aos veículos é sobre os enormes ônibus articulados e biarticulados que podem transportar entre 150 e 250 pessoas sem apertos de uma só vez.
Realmente são os ônibus considerados essenciais para atenderem às grandes demandas nas linhas troncais (principais).
Mas BRT não é apenas um tipo de ônibus e nem somente um corredor, mas um sistema de prestação de serviços de transportes, projetado para atender os passageiros de acordo com as necessidades da região onde opera. Assim fazem parte de um sistema de BRTS estações modernas nas quais os passageiros ficam esperando os veículos protegidos de intempéries, itens de acessibilidade, como rampas nas paradas e embarque em nível quando a plataforma da estação é na mesma altura do assoalho dos ônibus, painéis de informação quanto aos horários, e linhas e detalhes essenciais, como iluminação natural e lixeiras.
Mas o BRT vai além e mais que ônibus, corredores e equipamentos, consiste numa distribuição e operação inteligentes das linhas.
Em boa parte dos sistemas, as linhas são distribuídas entre troncais e alimentadoras.
Isso dinamiza a prestação de serviços, diminui custos para sobrar recursos para outros investimentos nos serviços e racionaliza o número de ônibus para os destinos mais movimentados, sem prejudicar a oferta de lugares no sistema.
Os ônibus de linhas alimentadoras são mais ágeis. De menor porte servem bairros e regiões de acesso mais difícil e levam os passageiros para fazerem integração gratuita no terminal mais próximo.
Em vez de vários ônibus indo para as regiões centrais, um veículo de grande porte atende o mesmo número de passageiros sem reduzir o conforto e ainda aumentado a velocidade média dos corredores.
Um dos sistemas de BRT de maior destaque atualmente é o Transantiago, na capital chilena.
As linhas são divididas também em troncais e alimentadoras.
E a Volare, divisão de veículos leves da Marcopolo, anunciou a venda de 167 unidades de um minionibus para o sistema. Confira nota da empresa:
volare
Mesmo sendo um ônibus de pequeno porte, o Volare W 9 na configuração para o Transantiago privilegia espaço interno. Luzes de LED iluminam melhor o ambiente. Foto: Júlio Soares.
Volare fornecerá para a operadora Alsacia Express, de Santiago do Chile, 167 unidades do miniônibus W9, com motorização Euro 5 e transmissão automática Allison, para o Sistema Transantiago. Esta é uma das maiores vendas para o mercado externo já realizadas pela fabricante e a primeira vez que os veículos da marca serão utilizados nas linhas alimentadoras de um sistema BRT (Bus Rapid Transit).
Segundo Milton Susin, diretor-executivo da Volare, o fornecimento para as linhas alimentadoras de um dos mais modernos sistemas BRT é uma importante conquista para a empresa. “É um marco inédito na trajetória de 14 anos da Volare”, ressalta o executivo.
Desenvolvido para operar nas linhas alimentadoras, o Volare W9 proporciona maior agilidade que os veículos convencionais e possui características de robustez e conforto que garantem máxima segurança no transporte dos passageiros. A transmissão automática Allison LCT 2100 também proporciona maior silêncio e suavidade.
Com 8.585 mm de comprimento, o modelo conta com parede de separação, iluminação interna em LED, espaço interno para publicidade, saia mais baixa, sistema de porta eletropneumático, iluminação superior na escada e farol mais baixo com complemento em LED. O miniônibus Volare W9 possui motor MAXXFORCE 4.8 Euro V, com 165 cv de potência a 2.200 rpm, tanque de combustível de 150 litros e direção hidráulica.
Texto sobre BRT: Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes
Nota da Volare/Marcopolo: Secco Consultoria

Publicado em 07/08/2012 no site Blogpontodeonibus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário