Palestra para Motoristas

Palestra para Motoristas
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

sexta-feira, 20 de julho de 2012

Europa avança na tecnologia Euro 6



O Brasil, por enquanto, engatinha na consolidação da tecnologia Euro 5, prova disso é que os caminhões com esta motorização quase ainda não têm procura do consumidor e as fabricantes creditam as baixas vendas do ano, em parte, a esta mudança de legislação, ocorrida em janeiro passado. Se por aqui, estes motores menos poluentes ainda não caíram no gosto do consumidor, na Europa, as montadoras já se preparam para o aumento do consumo do Euro 6.
É bem verdade que a comercialização dos caminhões Euro 6, por lá, ainda está em um nível modesto. Desde fevereiro passado, é possível certificar os veículos de acordo com esta nova regulamentação, mas ainda há dois anos para que esta exigência se torne compulsória a todos os caminhões. A baixa procura deste tipo de veículo no continente se dá pelos mesmos problemas, enfrentados aqui, com o Euro 5: o preço. Com a exigência de se baixar o nível de emissão é necessário investir em mais tecnologia, o que encarece o caminhão.
Apesar disso, as montadoras já investem em tecnologia pensando no aumento desta demanda. Uma das possíveis soluções para este entrave é um pacote de incentivos a esta tecnologia dado pelos governos europeus.
Enquanto isso não acontece, as fabricantes continuam aprimorando os motores. A Volvo, por exemplo, está apresentando o motor D13 460 hp, que equipará um terço dos caminhões da marca. A normatização Euro 6 possui padrões rígidos de emissão, com exigência de propulsores que minimizem em 77% o volume de Óxido de Nitrogênio emitido e cortem, pela metade, a quantidade de material particulado soltado na atmosfera.


“O Volvo FH ganhou um novo motor mais rápido e mais eficiente em termos de energia. Os primeiros caminhões com esta nova tecnologia serão entregues na primavera em 2013”, afirmou Mats Franzén, gerente de estratégia e plano de engenharia para Volvo Caminhões.
Embora acredite na qualidade deste novo motor, o executivo não consegue precisar quando a procura por esta nova tecnologia aumentará. “Atualmente, está difícil determinar quanto de demanda terá. Passando a oferecer o nosso motor mais popular em versão Euro 6, nós vamos ao encontro da necessidade da maioria dos nossos consumidores. O restante da gama de motores, adequados a esta nova tecnologia, será lançado bem antes de que ela se torne obrigatória, em janeiro de 2014”, declarou.
Assim como os motores Euro 5, os novos propulsores possuem seis cilindros em linha e sistema de exaustão SCR. Para conseguir cumprir as metas de emissão requeridas, também é usado o sistema EGR, assim como o filtro de material particulado, tecnologia usada pela Volvo já há alguns anos nos EUA e Japão.

Fonte: Webtranspo
Publicado em 20/07/2012 por Rafael Brusque Toporowicz no site http://blogdocaminhoneiro.com/europa-avanca-na-tecnologia-euro-6/

Nenhum comentário:

Postar um comentário