Palestra para Motoristas

Palestra para Motoristas
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

domingo, 10 de junho de 2012

EMTU faz audiência pública sobre corredor de ônibus que vai ligar serviços do ABD até Guarulhos

Corredor Jacu Pessego
Ônibus da Metra seguindo de Santo André, no ABC Paulista, para São Mateus, na zona Leste de São Paulo. EMTU deve apresentar as propostas básicas para corredor que vai ligar os serviços da Metra a ônibus até Guarulhos, passando perto do Itaquerão, pelo Terminal São Mateus. Corredor Perimetral Leste Jacu Pêssego deve ter primeira fase concluída em 2014. Foto: Adamo Bazani
EMTU faz audiência sobre corredor que vai ligar serviços do ABC até Guarulhos
Corredor de ônibus vai passar a um quilômetro do Itaquerão e deve contar com serviço especial para a Copa de 2014
ADAMO BAZANI – CBN

A EMTU – Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos vai realizar nesta segunda-feira, dia 11 de junho de 2012, uma audiência pública sobre o projeto do Corredor Perimetral Leste – Jacu Pêssego.
A proposta da obra é ligar o Corredor Metropolitano ABD, operado pela Metra, até o Terminal de Ônibus Cecap, em Guarulhos, na Grande São Paulo.
Além de facilitar o acesso dos moradores do ABC Paulista e da zona Leste de São Paulo ao Aeroporto Internacional de São Paulo, o corredor de ônibus vai passar a cerca de um quilômetro do Itaquerão, o estádio do Corinthians, que vai sediar a abertura da Copa do Mundo de 2014.
Durante o evento, deve ser implantado um serviço que leve o passageiro do corredor até o estádio, na zona Leste de São Paulo.
Na audiência pública vão ser detalhadas informações básicas do projeto, traçado, demanda de passageiros que deve ser atendida entre outros pontos. O encontro será às 10 horas da manhã no Auditório D, da Unicsul, que fica na Avenida Ussiel Cirilo, 93 , Vila Jacuí, em São Paulo.
O corredor de ônibus deve ter 24,8 quilômetros de extensão e ser construído em duas fases.
A primeira vai ter 19,6 quilômetros, tendo início no Terminal Metropolitano São Mateus, a partir do Corredor ABD, até a rodovia Ayrton Senna. A previsão é de entrega no primeiro semestre de 2014.
Entre as vias atendidas pelo corredor estão a Avenida Ragueb Chofi e Avenida Jacu – Pêssego.
O sistema será de BRT (Bus Rapid Transit) com espaço exclusivo para os ônibus, separado dos congestionamentos dos demais veículos, e estações de embarque e desembarque em vez de pontos de ônibus comuns. Basicamente as estações de BRT apresentam acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida, como piso na mesma altura do assoalho do ônibus, dispensando os degraus no veículo, painéis eletrônicos ou convencionais com informações sobre as linhas e pré-embarque, ou seja, pagamento eletrônico da passagem antes da entrada do passageiro no veículo, o que agiliza as operações de embarque ao diminuir o tempo necessário de o ônibus ficar parado no ponto.
O corredor BRT não pode ser confundido com corredores expressos convencionais de ônibus ou faixas separadas, que são mais simples, e não apresentam estes atributos, como as estações e o pré-embarque.
O Corredor Perimetral Leste Jacu-Pêssego também deve ter pontos de ultrapassagem, ou seja, espaços para um ônibus ultrapassar o outro se caso realizou as operações do embarque e desembarque primeiro que o veículo parado na frente. Isso agiliza as viagens e evitar filas com ônibus parados desnecessariamente, sendo que poderiam seguir em frente.
Nesta primeira fase do corredor devem ser colocadas cerca de 20 estações com distância entre 500 metros e 900 metros de uma a outra.
A estimativa é que o trecho inicial atenda a uma demanda de 200 mil passageiros por dia.
O projeto básico está em elaboração e o edital de licitação para a construção da primeira fase entre São Mateus e Rodovia Ayrton Senna deve ser publicado em outubro deste ano.
Os custos ainda não foram definidos.
A segunda fase não tem previsão de entrega. São 5,2 quilômetros entre a Rodovia Ayrton Senna e o Terminal Cecap, em Guarulhos.
Quando o corredor Perimetral Leste Jacu Pêssego ficar pronto, a ligação entre São Mateus e Guarulhos deve ser de cerca de 40 minutos.
Ainda não foi definido se haverá integração tarifária entre os ônibus e trólebus da Metra e os ônibus que vão prestar serviços no novo corredor.

Publicado em 10/06/2012 por Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes. Blogpontodeonibus

Nenhum comentário:

Postar um comentário