Palestra para Motoristas

Palestra para Motoristas
Arquivo: HighPluss Treinamentos, 2017.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Parcerias para se proteger num mercado acirrado



ônibus
Ônibus da Viação Andorinha, companhia que fez parceria com outras empresas em diversas ligações interestaduais. Entre as parceiras estão Expresso Guanabara, Expresso Itamarati e Viação Araguarina. É uma das maneiras de as empresas de ônibus se firmarem em um mercado que sofre concorrência de outros meios de transportes, como avião e ônibus clandestinos. Além disso, reduz custo das empresas regulares e protegem as áreas de atuação, evitando que uma companhia entra na área da outra. Foto: Adamo Bazani.
Andorinha faz balanço positivo de parcerias com outras empresas de ônibus
Objetivo é aumentar participação no mercado de linhas interestaduais. Colaboração entre grandes empresas evita concorrência em trechos que trajetos de duas empresas se complementam
ADAMO BAZANI – CBN

Com o crescimento da renda média da população brasileira e o barateamento das passagens de avião, o setor aéreo acabou absorvendo uma parte dos passageiros de ônibus, principalmente os de longa distância. Além disso, as fiscalizações insuficientes em relação ao transporte rodoviário clandestino são apontadas pelas empresas de ônibus como principais causas da perda de passageiros. Os ônibus clandestinos oferecem pouca segurança e conforto, mas por não pagarem uma série de impostos e taxas (muitas vezes fazem trajetos até para escapar do pedágio) e não haver o investimento adequado em manutenção, o valor das passagens deste tipo de serviço acaba sendo mais baixo.
Mesmo sem segurança e garantias em caso de extravio de bagagens, muitas pessoas acabam optando pelos transportes clandestinos.
Assim, o cenário para as empresas rodoviárias, às vésperas da licitação da ANTT – Agência Nacional de Transportes Terrestres, que vai transformar em regime de concessão a operação de 1967 linhas, requer estratégias que há décadas passadas eram pouco imaginadas ou aplicadas em menor escala.
Uma delas é a parceria entre companhias de ônibus em trajetos longos. A lógica é simples.
Quando uma empresa complementa o itinerário da outra ou mesmo reveza linha semelhantes há várias vantagens:
- DIMINUIÇÃO DOS CUSTOS: As empresas não precisam fazer longas viagens para levar um número pequeno de passageiros até um determinado destino, se outra empresa, faz o serviço, com partida de local diferente. Em determinado ponto, os passageiros fazem baldeação.
- REDUÇÃO NO VALOR DAS PASSAGENS: As empresas de ônibus alegam que por não terem de cobrar a mais para completar o destino que teria pouco passageiro, a baldeação de uma companhia para outra tornaria o valor dos bilhetes mais baixos.
- PRESERVAÇÃO DA ÁREA OPERACIONAL: Dentro da estratégia das empresas para diminuir os custos e se manter no mercado, quando uma viação complementa o serviço da outra não há riscos de as empresas entrarem na área de domínio de mercado da parceira. Além disso, com complementação de viagem, as empresas que firmam parcerias dificultam a entrada de outras no mercado.
Uma das companhias que anunciou um balanço positivo de parcerias é a Empresa de Transportes Andorinha.
Entre as principais parceiras da companhia estão Expresso Itamarati, Expresso Guanabara e Viação Araguarina.
Com o Expresso Itamarati, a Andorinha mantém parceria nas conexões de Cuiabá – Mato Grosso para o Estado de Rondônia.
Os passageiros que usam os serviços da Andorinha podem embarcar nos ônibus do Expresso Itamarati. Para isso, a compra antecipada das passagens deve ser feita com a emissão da OFP (Ordem de Fornecimento de Passagem), que é trocada pelo bilhete da Itamarati na Sala Vip da Andorinha em Cuiabá. O custo para Rondônia, garante a Andorinha, é mais baixo se o usuário pagar duas passagens de forma diferente, além de já poder quitar toda a viagem no primeiro ponto de embarque.
Com o Expresso Guanabara também é possível fazer conexões. As 34 agências do Expresso Guanabara representam a Empresa de Transportes Andorinha e Viação Araguarina nas baldeações em Goiânia para estados do Nordeste. Dezenove agências da Andorinha no Centro-Oeste e Norte também representam o Expresso Guanabara. Também é necessária a troca de bilhete pela emissão da OFP (Ordem de Fornecimento de Passagem), sendo que no Terminal Rodoviário de Goiânia, os passageiros contam com a Sala Vip da Araguarina.
A parceria entre as empresas permite baldeações nas seguintes linhas:
- Goiânia / GO – Sobral / CE
- Sobral / CE – Goiânia / GO
- Goiânia / GO – Fortaleza /CE
- Fortaleza / CE – Goiânia – GO
- Goiânia / GO – Parnaíba – PI
- Parnaíba / PI – Goiânia – GO
Com a Viação Araguarina é possível fazer conexões com base em Brasília / DF e Cuiabá / MT.
As duas empresas operam a ligação Brasília / DF a Porto Velho / RO e dividem os pontos de venda para oferecer mais opções de horários independentemente de qual empresa vai fazer a linha na hora escolhida pelo passageiro.
Outras empresas também firmam parcerias. É uma forma de se manter num mercado tão complexo que até mesmo a tentativa de reorganização por uma licitação, desde 2008 levanta polêmicas com pontos divergentes entre empresas e governo federal.

Publicado em 30/01/2012 por Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.
Blogpontodeonibus

Nenhum comentário:

Postar um comentário